Litoral 90.9 FM

Imagem

Beto do Zé Neide não admite reajuste no transporte coletivo

Vereador defende melhor atendimento aos portadores de deficiência pede mais rigor nos horários de atendimentos.

Se depender do vereador Gilberto Pereira (Beto do Zé Neide)-PR, a recente solicitação da empresa concessionária do transporte coletivo de Imbituba, para reajustar os preços da tarifas, vai bater na trave. O vereador não concorda com o reajuste e muito menos com as vantagens solicitadas pela empresa, por entender que o serviço prestado atualmente à população deixa muito a desejar. Exibindo pesquisa recente que encomendou para avaliar o índice de satisfação do usuário de imbituba, Beto do Zé Neide se confessa contrariado com o resultado que mostrou entre 80 e 90 por cento dos usuários insatisfeitos com o transporte coletivo hoje oferecido.

A pesquisa identifica deficiências como a qualidade dos ônibus, horários e, principalmente o custo da passagem. A idade média dos ônibus em circulação chega a ser superior a 12 anos de uso, além de utilizar veículos sucateados e muito pesados. Essa condição ocasiona maior consumo de combustível cujo custo é repassado ao usuário. "Não vamos permitir qualquer reajuste, sem antes obtermos a certeza de melhoria nos serviços oferecidos", sentencia o representante de Araçatuba e da região norte na Câmara de Vereadores. A defesa de outras medidas populares identificam o bom trabalho do entrevistado no Legislativo de Imbituba.

Entre essas medidas, o vereador Beto do Zé Neide, apresentou indicação para, segundo ele, buscar mais transparência no serviço público da saúde, exigindo que os horários de atendimento dos médicos, por exemplo, seja fixado em local visível para agilizar o atendimento à população e evitando excesso de procura pela emergência do Hospital São Camilo. Para ele, a maioria dos médicos não cumpre a cota de atendimento diário aos pacientes nos postos de saúde, embora tenham recebido bonus salarial com essa finalidade.

Portador de deficiência, o vereador tem procurando também melhorar a qualidade de vida de quem por qualquer motivo tem dificuldade de locomoção. Nesse sentido ele está solicitando ao Executivo a criação de um centro de referência de atendimento ao portador de deficiência, para que este possa, em um único local, receber atendimento médico com disposição de enfermeiros, fisioterapeutas, psicólogos e outros servidores qualificados para atendimento, evitando deslocamentos para locais onde inclusive há dificuldade de locomoção, até mesmo nos prédios públicos.

Ainda sobre o solicitado reajuste das tarifas de ônibus, reiterando ser contrário ao procedimento, Beto do Zé Neide lembra que a empresa concessionária está solicitando também vantagens como isenção de impostos e outros, segundo sugestão de uma empresa contratada pela municipalidade para avaliar o setor. Contudo, diz o vereador, essas solicitações não poderão ser atendidas antes que a comunidade receba as melhorias que merece no serviço do transporte coletivo local.

Finalmente, Gilberto Pereira se disse entusiasmado com as ações do atual prefeito, Rosenvaldo Júnior e sua equipe, embora este tenha herdado das administrações anteriores, desafios como o acesso norte, o estado precários de unidades de saúde e creches, além de outros projetos mal executados como a ciclovia e outros. Na visão do entrevistado, por se tratar de uma administração jovem, "o Executivo tem encontrado algumas dificuldades, mas o mau tempo passou e o futuro vai confirmar que os imbitubenses elegeram o prefeito certo", encerrou.

Matéria: Danilo Gomes

Foto: Alexandre Andrade

Compartilhar esta notícia

Notícias Relacionadas

0 comentário(s)

Faça o seu login ou cadastre-se para comentar!